Indústria Panificadora Jacutinga | Rua Júlio Brandão, 140 - Centro | (35) 3443-1023

Curiosidades

História do pão...

Alimento de base de muitas civilizações, em várias formas e receitas, o pão é produzido ainda hoje com quase os mesmos ingredientes utilizados desde o século VII a.C., quando os egípcios descobriram que, para a massa ficar mais leve e macia, era necessário adicionar um líquido fermentado à espelta, uma espécie de trigo de qualidade inferior usado na época. Foram eles também que começaram a utilizar os fornos de barro para assar a massa.
Mesmo com tanto conhecimento acumulado nesse longo período, o resultado da mistura dos ingredientes e do cozimento nem sempre é um produto padronizado, principalmente no caso do pão francês.
Responsável por mais da metade do faturamento anual brasileiro do setor de panificação - em torno de R$ 16 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip).
http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=2019


Mercado

A era da praticidade já atingiu o tradicional pãozinho francês do brasileiro. A produção de pães semi-assados e congelados está chamando a atenção do mercado de panificação e a cada dia ganha mais adeptos, que variam desde supermercados, hotéis e padarias até o consumidor final.
O que atrai nesse produto é a facilidade no seu preparo e, principalmente, sua qualidade, uma vez que o processo de congelamento não muda em nada o gosto e a maciez do pãozinho.
Em apenas três anos, o setor de pães congelados já representa 5% do mercado nacional de panificação, que movimenta cerca de R$ 16 bilhões por ano.
Somente na grande São Paulo, 3% das padarias já adotaram o pão congelado, que permite uma redução no espaço e no trabalho para a fabricação do pãozinho. “O pão congelado reduz em até 70% o espaço necessário para o processamento do pão, fazendo com que a padaria tenha apenas um forno e um freezer”.


Vantagens

  1. Redução da mão de obra de produção.
  2. Redução dos gastos com manutenção e depreciação do maquinário.
  3. Redução do investimento em maquinário de produção.
  4. Aumento imediato do fluxo de clientes em sua loja.
  5. Redução e até eliminação das sobras de produtos prontos.
  6. Grande variedade de produtos sempre fresquinhos.
  7. Redução dos custos de administração de compras, produção e pessoal.

http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?id=12260

  • Img
  • Img
  • Img